Glioblastoma: Base Conceitual e Perspectivas Futuras de Tratamento

Main Article Content

Viviane Daneluci de Oliveira
Mayra Dorigan de Macedo
Lidiane Maria Dorigan Brandão
Danielli Gerolin Najm
Patrícia Rodella
Renata Camacho Miziara

Resumo

Glioblastomas são as neoplasias de maior malignidade entre os tumores astrocíticos. O seu prognóstico é ominoso, com poucos anos de sobrevida. Por tratar-se de uma doença tão agressiva, cujo tratamento ainda é bastante limitado, este estudo teve como objetivo, apoiado na literatura, esclarecer seus mecanismos e os avanços em seu tratamento. Conclui-se que, apesar dos progressos no tratamento do glioblastoma, é necessário obter ainda mais avanços por meio de pesquisas promissoras que se encontram em andamento, melhorando, assim, a qualidade de vida dos pacientes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Oliveira, V. D. de, Macedo, M. D. de, Brandão, L. M. D., Najm, D. G., Rodella, P., & Miziara, R. C. (2009). Glioblastoma: Base Conceitual e Perspectivas Futuras de Tratamento. Revista Brasileira Multidisciplinar - ReBraM, 12(2), 227-242. https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2009.v12i2.169
Seção
Artigos Originais
Biografia do Autor

Viviane Daneluci de Oliveira, Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos – Unifeb.

Aluna do Curso de Farmácia.

Mayra Dorigan de Macedo, Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos – Unifeb.

Aluna do Curso de Farmácia.

Lidiane Maria Dorigan Brandão, Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos – Unifeb.

Aluna do Curso de Farmácia.

Danielli Gerolin Najm, Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos – Unifeb.

Aluna do Curso de Farmácia.

Patrícia Rodella, Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos – Unifeb.

Professora do Curso de Farmácia.

Renata Camacho Miziara, Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos – Unifeb.

Professora do Curso de Farmácia e Odontologia.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)