Avaliação da Qualidade do Processo de Desinfecção em Superfícies Inanimadas de Unidades Básicas de Saúde por Pesquisa de Biomarcadores

Main Article Content

Ana Paula Bandeira Fucci
Moniele Storti Marcolino
Valéria da Cruz Oliveira de Castro

Resumo

A Infecção Relacionada à Assistência à Saúde – IRAS pode ocorrer pela transmissão exógena por meio da contaminação de superfícies contaminadas. A presente pesquisa teve como objetivo verificar a qualidade do processo de desinfecção de superfícies inanimadas de Unidades Básicas de Saúde – UBS de um município do noroeste paulista, através da presença de Staphylococcus aureus e Escherichia coli. Foram avaliadas sete UBSs, em horários e dias aleatórios, abrangendo as seguintes superfícies: maçaneta da sala de curativos, torneiras e bebedouros, mesa do consultório, guichê da recepção. Swabs estéreis foram friccionados em 20 cm2 das superfícies e transportados em meio Stuart ao Laboratório Didático de Análises Clínicas do UNIFEV. As amostras foram cultivadas em Ágar Sangue e MacConkey, a 35±1oC por 24 horas, em jarra de microaerofilia e aerobiose, respectivamente. O Staphylococcus aureus foi identificado por meio da produção de hemolysin, catalalase and coagulase. Já a Escherichia coli, via os seguintes testes bioquímicos: TSI,citrato urease, indole, lysine, ornithine and arginina. Das 105 amostras analisadas, 6,66% apresentaram positivas para S. aureus e 2,85% para E. coli. As superfícies que apresentaram a presença dos bioindicadores foram: o guichê da recepção, guichê da farmácia, maçaneta da sala de curativos, torneira da sala de curativos e bebedouro. Esses resultados corroboram outros estudos que demonstram que as superfícies inanimadas são importantes fontes de contaminação no ambiente de assistência à saúde, contribuindo com a contaminação cruzada e, consequentemente, com o aumento de infecção ao paciente que está sujeito aos procedimentos nesse contexto. Dentro desse contexto, o poder público, através das políticas públicas de saúde, é responsável pela capacitação dos profissionais da saúde, contribuindo na promoção e prevenção da saúde coletiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Fucci, A. P. B., Marcolino, M. S., & de Castro, V. da C. O. (2013). Avaliação da Qualidade do Processo de Desinfecção em Superfícies Inanimadas de Unidades Básicas de Saúde por Pesquisa de Biomarcadores. Revista Brasileira Multidisciplinar - ReBraM, 16(1), 183-190. https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2013.v16i1.55
Seção
Artigos Originais
Biografia do Autor

Ana Paula Bandeira Fucci

Discentes do curso de Farmácia UNIFEV.

Moniele Storti Marcolino

Discente do curso de Farmácia UNIFEV.

Valéria da Cruz Oliveira de Castro

Discente do curso de Farmácia UNIFEV.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)