Uma revisão da literatura sobre a participação do egresso da educação profissional na avaliação institucional e de cursos

Main Article Content

Izabel de Lima Cavalcanti
Geida Maria Cavalcanti de Sousa
Jorge Luis Cavalcanti Ramos
Ilana Pereira Bandeira
Queila Haine Andrade Campos

Resumo

A avaliação institucional e de curso constitui-se numa ação essencial para o aperfeiçoamento da atuação das instituições de ensino. Promover a participação do egresso é uma das formas mais significativa de obter informações relevantes nesse processo. Este estudo de revisão sistemática da literatura teve como objetivo revisar a literatura nacional publicada no período compreendido ente 2013 e 2018, de trabalhos desenvolvidos com egressos oriundos da educação profissional técnica e tecnológica dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. Para tanto, foi realizada uma busca nas bases de dados na Scientific Eletronic Library Online (SciELO), Google Acadêmico e no Portal de Periódicos da CAPES. Observou-se que, a inserção profissional do egresso tende a ser o parâmetro mais utilizado para a avaliação institucional e de cursos, seguido da satisfação com a formação recebida. Os resultados demonstram que, em se tratando do ensino técnico e tecnológico, até esse momento, são poucos os trabalhos de investigação na área, e que, portanto, a valorização do egresso como participante indispensável na avaliação institucional e de curso ainda tem um longo caminho a ser percorrido. Pelos resultados apresentados, verifica-se que o parâmetro de avaliação institucional e de curso focado apenas na inserção profissional, mesmo tendo apresentado bons resultados nos casos estudados, torna-se insuficiente, considerando a existência de fatores diversos que interferem nesse processo e que independem da atuação da instituição. No tocante à satisfação do egresso com a formação recebida, constata-se, no geral, uma avaliação positiva das instituições e dos cursos. Quanto ao parâmetro da efetividade da educação profissional e desenvolvimento socioeconômico regional, os autores destacaram a essencialidade do papel da educação nesse processo. Conclui-se que a avaliação institucional e de curso, nessa perspectiva, é um meio importante de obtenção do feedback necessário à promoção de ações de aperfeiçoamento das políticas educacionais.


       

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Cavalcanti, I. de L., de Sousa, G. M. C., Ramos, J. L. C., Bandeira, I. P., & Campos, Q. H. A. (2020). Uma revisão da literatura sobre a participação do egresso da educação profissional na avaliação institucional e de cursos. Revista Brasileira Multidisciplinar - ReBraM, 23(2), 158-169. https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2020.v23i2.670
Seção
Artigos de Revisão
Biografia do Autor

Izabel de Lima Cavalcanti, Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF

Instituto Federal do Sertão Pernambucano - Pró Reitoria de Ensino

Mestranda em Dinâmicas de Desenvolvimento do Semiárido. Universidade Federal do Vale do São Francisco, UNIVASF, Brasil

Geida Maria Cavalcanti de Sousa, Universidade Federal do Vale do São Francisco - Univasf

Professor Doutor  do Colegiado de Psicologia

Docente do Mestrado de Psicologia

Docente do Mestrado em Dinâmicas de Desenvolvimento do Semiárido

Jorge Luis Cavalcanti Ramos, Univasf, Colegiado de Engenharia da Computação

Docente no programa de Mestrado Profissional em Administração Pública (PROFIAP) e do Programa de Pós-Graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Territorial (PPGADT, Universidade Federal do Vale do São Francisco, UNIVASF., Brasil.

Referências

ANDRADE, Erika Lemes de e BARBOSA, Nelson Bezerra, 2017. Políticas Públicas de Educação Profissional e a inserção de egressos no mercado de trabalho. Revista Trabalho & Educação, Belo Horizonte, v. 26, n. 2, p. 171-187, maio/ago. 2017. Disponível em:

https://seer.ufmg.br/index.php/trabedu/article/view/8047/0. Acesso em: 06 jun. 2018.

ANDRIOLA, Wagner Bandeira. Estudo de egressos de cursos de graduação: subsídios para a autoavaliação e o planejamento institucionais. Educar em Revista, Curitiba, n. 54, p. 203-219, 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/er/n54/a13n54.pdf Acesso em 1º dez. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Pesquisa Nacional de Egressos dos Cursos Técnicos da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica (2003-2007). Organizadores: PATRÃO, Carla Nogueira & FERES, Marcelo Machado. Brasília: MEC, 2009. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=6696-relatoriopesquisa-redefederal&Itemid=30192. Acesso em: 26 mar. 2018.

BRITO LAREDO, Janette; FERREIRO MARTINEZ, Velia Verónica; GARAMBULLO, Adriana Isabel. Evaluación de la pertinencia y calidad del programa educativo de licenciatura en contaduría: estudio de empleadores y egresados. RIDE. Rev. Iberoam. Investig. Desarro. Educ, Guadalajara, v. 8, n. 15, p. 311-337, dic. 2017. Disponível em: http://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2007-74672017000200311&lng=es&nrm=iso. Acesso em: 02 fev. 2019

CANCIAN, Rosânia Araújo Silva. Perfil e empregabilidade dos egressos dos Campi Agropecuários de Colorado do Oeste e Ariquemes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia. 2016. 75 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão Pública) Universidade de Brasília, Brasília, 2016. Disponível em: http://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UNB_7c7a95c573d678ac8ed465545194ed34. Acesso em: 6 jun. 2018.

GOMEZ RODRIGUEZ, Horacio; ORTIZ MUNOZ, Edgardo Patricio; GONZALEZ FERNANDEZ, María Obdulia. El estudio de egresados para la mejora continua de las Universidades: Estudio de caso de la Ingeniería en Computación. RIDE. Rev. Iberoam. Investig. Desarro. Educ, Guadalajara , v. 7, n. 14, p. 162-184, jun. 2017. Disponível em: http://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2007-74672017000100162&lng=es&nrm=iso. Acesso em: 02 fev. 2019

LIMA, Leonardo Araújo; ANDRIOLA, Wagner Bandeira. Acompanhamento de egressos: subsídios para a avaliação de Instituições de Ensino Superior (IES).

Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas), Sorocaba, v. 23, n. 1, p. 104-125, mar. 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772018000100104&lang=pt. Acesso em: 02 fev. 2019

MATOS, Eliene Barbosa Leal de; VIEIRA, Crislene Leal da Silva e LIMA, Roberto Carlos Santana. Situação Profissional de Egressos: Estudo de Caso no IFBAIANO – Campi Guanambi. In: Congresso Nacional de Educação – CONEDU, 4, 2017. João Pessoa: Centro de Convenções. 2017. Disponível em: https://www.editorarealize.com.br/revistas/conedu/trabalhos/TRABALHO_EV073_MD1_SA17_ID9250_16102017225412.pdf. Acesso em: 10 maio 2018.

NUNES, Mirelle Barcos. Trajetórias educacionais e profissionais de egressos do curso técnico em guia de turismo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul-Campus Restinga. Porto Alegre-RS. 2018. Disponível em: http://repositorio.pucrs.br/dspace/bitstream/10923/13211/1/000490481-Texto%2bCompleto-0.pdf. Acesso em 02 fev.2019.

NUNEZ MASIS, Luis Carlos and MARIN ALFARO, Anyerline.La profesión de Turismo Ecológico en la Universidad de Costa Rica: Un análisis desde la perspectiva de su población graduada. Educación [online]. 2018, vol.42, n.2, pp. 184-204. Disponível em: http://www.scielo.sa.cr/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2215-26442018000200011&lang=pt

RODRIGUES, Miguel Antônio et al. Repercussão dos Cursos Técnicos do IFPI na inserção de egressos no mercado de trabalho: Um estudo no Campi de Uruçuí. Enciclopédia Biosfera, Goiânia, v.14 n.26; p. 1532-1540. 2017. Disponível em: http://conhecer.org.br/enciclop/2017b/soc/repercussao%20dos%20cursos.pdf. Acesso em: 6 jun. 2018.

SAMPAIO, Romilson Lopes e ALMEIDA, Ana Rita Silva. Teoria e prática na formação técnica: um estudo de caso com os egressos do Instituto Federal da Bahia. Revista e-Curriculum, São Paulo, vol. 11, n. 2, p. 624-643, ago. 2013. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum/article/view/9679. Acesso em: 6 jun. 2018.

SANTOS, Glauber Eduardo de Oliveira, COSTA, Brenno Vitorin, & MALERBA, Rafaela Camara. Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo: empregabilidade, perspectivas e percepções do egresso do IFSP. Revista Turismo Em Análise, v. 26, n.3, 719-742. 2015. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rta/article/view/90889. Acesso em: 03 fev. 2019.

SILVA, Lucas Carmo da et al. Acompanhamento de egressos como ferramenta para a gestão universitária: um estudo com graduados da UFBA. Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, Florianópolis, p. 293-313, dez. 2017. ISSN 1983-4535. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/gual/article/view/54188. Acesso em: 02 fev. 2019.

SOARES, Suzy Dias. Educação profissional na perspectiva de inserção dos egressos do curso técnico em agropecuária subsequente do Instituto Federal de Brasília - Campi Planaltina no mercado de trabalho. 2016. 88 f. Dissertação (Mestrado em Educação Social e Intervenção Comunitária). Escola Superior de Educação de Santarém, Instituto Politécnico de Santarém, Santarém, 2016. Disponível em: http://repositorio.ipsantarem.pt/handle/10400.15/1645. Acesso em: 6 jun. 2018