INVENTÁRIO DE OLIGOCHAETA (ANNELIDA: CLITELLATA) EM CÓRREGOS URBANOS DE BOCAINA – SP, BRASIL

Main Article Content

Nathalie Aparecia de Oliveira Sanches
Lucas Henrique Sahm
Diego Ferreira Gomes
Juliano José Corbi
Maria Lucia Robeiro
Guilherme Rossi Gorni

Resumo

Os inventários de espécies fornecem amplo conhecimento sobre a distribuição, ecologia e riqueza dos táxons tornando-o uma ferramenta importante para programas de conservação de biodiversidade e gestão dos ecossistemas. Os organismos inventariados neste estudo são pertencentes à classe Oligochaeta, um importante táxon da fauna aquática continental e um dos grupos mais importantes na ciclagem de matéria orgânica nos ecossistemas de água doce. Dessa forma, este estudo tem como objetivo realizar o levantamento das espécies de Oligochaeta em três córregos urbanos (Córrego Himalaia, Ribeirão da Bocaina e Córrego Bocaina) do município de Bocaina, localizado na região central do estado de São Paulo. Para isso, as amostras de sedimento foram coletadas em sete pontos com o auxílio de uma rede (malha 0,25 mm) pelo método de varredura. O material coletado foi triado para obtenção dos organismos, fixado com formalina 10% e identificado até nível de espécie. Foram registrados 20 táxons de um total de 1395 organismos, distribuídos em 10 gêneros (Allonais, Aulophorus, Bothrioneurum, Brinkhurstia, Dero, Limnodrilus, Nais, Opistocysta, Pristina e Slavina) e 4 famílias: Família Naididae Opistocystidae, Alluroididae e Enchytraeidae. Assim, o presente inventário obteve uma riqueza de 20 táxons, representando aproximadamente 23% das 86 espécies registradas em ecossistemas aquáticos brasileiros. Por fim, muitos estudos ainda precisam ser realizados para fornecer dados mais completos sobre a distribuição e ecologia desse táxon, para enfatizar sua importância como bioindicadores de qualidade da água e para manutenção do equilíbrio ecológico em ambientes aquáticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Sanches, N. A. de O., Sahm, L. H., Gomes, D. F., Corbi, J. J., Robeiro, M. L., & Gorni, G. R. (2016). INVENTÁRIO DE OLIGOCHAETA (ANNELIDA: CLITELLATA) EM CÓRREGOS URBANOS DE BOCAINA – SP, BRASIL. Revista Brasileira Multidisciplinar - ReBraM, 19(1), 14-24. https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2016.v19i1.364
Seção
Artigos Originais
Biografia do Autor

Nathalie Aparecia de Oliveira Sanches, Universidade de Araraquara-UNIARA

Graduada no Curso de Ciências Biológicas (Licenciatura Plena e Bacharel) pela Universidade de Araraquara-UNIARA. Possui Mestrado em Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente, com ênfase em bioindicadores de ecossistemas de água doce, realizando pesquisas na área de Ecologia e Taxonomia de macroinvertebrados aquáticos, em especial com a Classe Oligochaeta.

Lucas Henrique Sahm, Universidade de Araraquara- Uniara

Possui graduação em Ciências Biológicas (Bacharel e Licenciatura) pela Universidade de Araraquara- Uniara (2011). Tem experiência na área de Biologia, com ênfase em Biologia Geral

Diego Ferreira Gomes, Universidade de Araraquara - Uniara

Possui graduação em Ciências Biológicas nas modalidades de Licenciatura e Bacharelado, pela Universidade de Araraquara - UNIARA. Realizou Trabalho de Iniciação Científica com bolsa de estudos pelo CNPQ/PIBIC. Realizou estágio no laboratório de Genética de Populações e Evolução na Universidade Federal de São Carlos - UFSCar. É integrante do Núcleo de Apoio à População Ribeirinha da Amazônia (NAPRA). Atualmente desenvolve mestrado no Departamento de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente - UNIARA, atuando principalmente com a utilização de Bioindicadores para avaliação de impacto ambiental, Ecotoxicologia e Biologia da Conservação.

Juliano José Corbi, Universidade de São Paulo-Usp/ Universidade de Araraquara-Uniara

Professor Doutor e pesquisador do Departamento de Hidráulica e Saneamento, da Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo (SHS-EESC-USP). É bacharel e licenciado em Ciências Biológicas (1998), tem mestrado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar (2001), doutorado em Ciências pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar (2006) e pós-doutorado em Zoologia pela Universidade de São Paulo (USP) (2010). Tem experiência na área de Ecologia (Ecologia de base e aplicada), com ênfase em Ecologia de Ecossistemas aquáticos continentais e em Zoologia (Zoologia de base e aplicada) com destaque para o estudo dos macroinvertebrados aquáticos. Coordenador de projeto no CNPq (Edital Universal/2010). Coordenador de projeto FAPESP (auxílio regular). Coordenador de atividades do curso de graduação em Licenciatura em Ciências semi-presencial da USP e Diretor do polo EAD-USP, São Carlos. Orientador de alunos de graduação e de pós-graduação.

Maria Lucia Robeiro, Universidade de Araraquara-Uniara

Possui graduação em Licenciatura e Bacharel em Quimica pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Araraquara(1968) e doutorado em Quimica pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Araraquara(1974). Atualmente é professora titular da Universidade de Araraquara-UNIARA e Membro de corpo editorial da Revista UNIARA. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química Orgânica. Atuando principalmente nos seguintes temas:Complexos, Fosfinóxidos, Lantanídeos.

Guilherme Rossi Gorni, Universidade de Araraquara-Uniara

É bacharel e licenciado em Ciências Biológicas (2004), tem Mestrado em Ciências Biológicas (Comportamento e Biologia Animal) pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2007), e Doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia) pela UNESP - Rio Claro (2010). Tem experiência na áreas de Zoologia aplicada, com ênfase na taxonomia/ sistemática de zoobentos e peixes; e em Ecologia, com destaque para ecotoxicologia aquática e interações tróficas.

Referências

AGOSTINHO, A. A., THOMAZ, S.M., GOMES, L.C. Conservação da biodiversidade em águas continentais do Brasil. Megadiversidade. v.1, n.1, p. 70-78. 2005.

ALVES, R. G., GORNI, G. R. Naididae species (Oligochaeta) associated with submersed aquatic macrophytes in two reservoirs (São Paulo, Brazil). Acta Limnologica Brasiliensia, v. 19, n. 4, p. 407-413, 2007.

ALVES, R.G., LUCCA, J.V. Oligochaeta (Annelida: Clitellata) como indicador de poluição orgânica em dois córregos pertencentes à Bacia do Ribeirão do Ouro - Araraquara (São Paulo-Brasil). Brazilian Journal of Ecology, v. 4, n. 1-2, p. 112-117, 2000.

ALVES, R.G., MARCHESE, M.R., ESCARPINATI, S.C. Oligochaeta (Annelida, Clitellata) in lotic environments in the state of São Paulo, Brazil. Iheringia. Série Zoologia, v. 96, n. 4, p. 431-435. 2006.

ALVES, R.G., MARCHESE, M.R., MARTINS, R.T. Oligochaeta (Annelida, Clitellata) of lotic environments at Parque Estadual Intervales (São Paulo, Brasil). Biota Neotropica, v. 8, n. 1, p. 69-72, 2008.

ALVES, R.G., STRIXINO, G. Distribuição espacial de Oligochaeta em uma lagoa marginal do rio Mogi-Guaçu-SP. Iheringia, Série Zoologia, v. 88, p.173-180, 2000.

BEHREND, R.D.L., TAKEDA, A.M., GOMES, L.C., FERNANDES, S.E.P. Using Oligochaeta assemblages as na indicator of environmental changes. Brazilian Jornal of Biology, v. 72, n. 4, p. 873-884, 2012.

BEHREND, R.D.L., TEIXEIRA, M.C., FERNANDES, S.E.P., CAMARGO, J.C., ROSIN, G.C., TAKEDA, A.M. Effects of a native and a non-native macrophyte species of Hydrocharitaceae on Chironomidae and Oligochaeta assemblages structure. Acta Scientiarum, v. 35, n.3, p. 351-358, 2013.

BRINKURST, R.O.; MARCHESE, M.R. 1989. Guia para la identificación de oligoquetos acuáticos continentales de Sud y Centroamerica. Santa Fé: Asociación de ciencias naturales del litoral, 1989. 207p.

CHRISTOFFERSEN, M.L. A catalogue of aquatic microdrile oligochaetes (Annelida: Clitellata) from South America. Acta Hydrobiologica Sinica, v. 31, p.59-86, 2007.

CHRISTOFFERSEN, M.L. Continental biodiversity of south American oligochaetes: the importance of inventories. Acta Zoologica Mexicana, n.esp. 2, p.35-46, 2010.

CHAPMAN, P. M. Utility and relevance of aquatic oligochaetes in ecological risk assessment. Hydrobiologia, v. 463, p. 149-169, 2001.

CLETO-FILHO, S.E.N., ARCIFA, M.S. Horizontal distribution and temporal variation of the zoobenthos of a tropical Brazilian lake. Acta Limnologica Brasiliensia. v.18, n.4, p. 407-421, 2006.

COPATTI, C.E., ROSS, M., COPATTI-ROSS, B., SEIBEL, L.F. Bioassessment using benthic macroinvertebrates of the water quality in the Tigreiro River, Jacuí Basin. Acta Scientiarum, v. 35, n. 4, p. 521-529, 2013.

CORBI, J.J., GORNI, G.R., CORREA, R.C. An evaluation of Allonais inaequalis Stephenson, 1911 (Oligochaeta: Naididae) as a toxicity test organism. Ecotoxicology environmental contamination, v.10, n.1, p. 7-11, 2015.

CORBI, J.J., JANCSO, M.A.,TRIVINHO-STRIXINO, S., FRAGOSO, E.N. Occurence of Oligochaeta living on larvae of Odonata from Ipeúna (São Paulo state, Brazil). Biota neotropica, v.4, n2, p. 1-3, 2004.

CORBI, J. J., TRIVINHO-STRIXINO, S. Spatial and bathymetric distribution macrobenthic fauna of the Ribeirão das Anhumas reservoir (Américo Brasiliense-SP, Brasil). Acta Limnologica Brasiliensia, v.10, n.1, p. 37-47, 2002.

CORBI, J.J., TRIVINHO-STRIXINO, S., ALVES, R.G. Records of oligochaetes in freshwater sponges, on bryozoans and on colonial hydrozoans from Brazil. Brazilian Journal of Biology, v.65, n.1, p.187-188, 2005.

CORREIA, L.C.S., TRIVINHO-STRIXINO, S. Macroinvertebrados da Rizosfera de Scirpus cubensis na lagoa do Infernão (Estação Ecológica de Jataí – SP): Estrutura e função. Acta Limnologica Brasiliensia, v.10, n.1, p. 37-47, 1998.

DORNFELD, C.B., ALVES, R.G., LEITE, M.A., ESPÍNDOLA, E.L.G. Oligochaeta in eutrofic reservoir: the case of Salto Grande reservoir and their main affluent (Americana, São Paulo, Brazil). Acta Limnologica Brasiliensia, v.18, n.2, p.189-197, 2006.

FUSARI, L.M., FONSECA-GESSNER, A.A. Environmental assessment of two small reservoirs in southeastern Brazil, using macroinvertebrate community metrics. Acta Limnologica Brasiliensia, v. 18, n.1, p. 89-99, 2006.

GORNI, G. R ., ALVES, R.G. Naididae (Annelida, Oligochaeta) associated with briophytes in Brotas, State of São Paulo, Brazil. Revista Brasileira de Zoologia, v.24, n.2, p. 518-519, 2007.

_____. Naididae (Annelida, Oligochaeta) associated with Pomacea bridgesii (Reeve) (Gastropoda, Ampullaridae). Revista Brasileira de Zoologia, v.23, n.4, p.1059-1061, 2006.

_____. Naididae species (Annelida: Oligochaeta) associated with the sponge Metania spinata (Carter, 1881) (Porifera: Metaniidae) from a southeastern reservoir. Acta Limnologica Brasiliensia, v.20, n.3, p.261-263, 2008a.

_____. Oligochaeta (Annelida: Clitellata) em córregos de baixa ordem do Parque Estadual de Campos do Jordão (São Paulo - Brasil). Biota Neotropica, v. 8, n. 4, 161-165, 2008b.

_____. Oligochaetes (Annelida, Clitellata) in a neotropical stream: a mesohabitat approach. Iheringia, Série Zoologia, v.102, n.1, p.106-110, 2012.

GORNI, G. R., PEIRÓ, D. F., SANCHES, N. Aquatic Oligochaeta (Annelida: Clitellata) from State of São Paulo, Brazil: Diversity and Ocurrence review. Biota Neotropica, Campinas, v. 15, n. 1, p. 1-8, 2015.

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Cidades – São Paulo. Disponível em:<http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=&codmun=350680&search=||infogr%E1ficos:-informa%E7%F5es-completas> Acesso em: 20 jul. 2014.

LEARNER, M.A., LOCHHEAD, G.; HUGHES, B.D. A review of the biology of the British Naididae (Oligochaeta) with emphasis on the lotic environment. Freshwater Biology, v.8, p. 357-375, 1978.

LIN, K.J., YO, S.P. The effect of organic pollution on the abundance and distribution of aquatic oligochaetes in na urban water basin, Taiwan. Hydrobiologia, v.596, n. 1, p. 213-223, 2008.

LOBO, H. Branchiura sowerbyi (Oligochaeta, Naididae) como espécie-teste em bioensaios ecotoxicológicos. 2014. 117p. Tese (Doutorado em Ciências da Engenharia Ambiental) – Escola de Engenharia de São Carlos – Universidade de São Paulo, São Carlos.

LOBO, H., ALVES, R.G. Influence of body weight and substrate granulometry on the reproduction of Limnodrilus hoffmeisteri (Oligochaeta: Naididae: Tubifinae). Zoologia, v. 28, n. 5, p. 558-564, 2011.

MALTCHIK, L., ROLON, A.S., STENERT, C., MACHADO, I.F., ROCHA, O. Can rice field channels contribute to biodiversity conservation in Southern Brazilian wetlands?. Revista de Biologia tropical, v.59, n. 4, p. 1895-1914, 2011.

MAGURRAN, A. E. Medindo a diversidade biológica. Editora UFPR: Paraná, 2011. 262p.

MARCUS, E. Sôbre algumas Tubificidae do Brasil. Boletim da faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo Zoologia. v.25, n.6, p.153-228. 1942.

_____. Sobre Naididae do Brasil. Boletim da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo Zoologia. v. 32, n.7, p.3-247. 1943.

_____. Sobre Oligochaeta límnicos do Brasil. . Boletim da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo Zoologia.v.43, n.8, p.5-135, 1944.

MARQUES, M.M., ALMEIDA, K.A., GATO, L., BARBOSA, F. Insetos aquáticos das lagoas do Parque Estadual do Rio Doce. MGBiota, v.4, n.1, n.1, 2011.

MARTINS, R.T., SILVEIRA, L.S. ; ALVES, R.G. Colonization by oligochaetes (Annelida: Clitellata) in decomposing leaves of Eichhornia azurea (SW.) Kunth (Pontederiaceae) in a neotropical lentic system. Annales of limnologie, v. 47, p. 339-346, 2011.

MILLIGAN, M.R. Identification manual for the aquatic Oligochaeta of Florida. Volume 1. Freshwater oligochaetes. Florida Department Environmental. Protection, USA. 1997.

MONTANHOLI-MARTINS, M.C., TAKEDA, A.M. Spatial and temporal variations of oligochaetes of the Ivinhema River and Patos Lake in the Upper Paraná River Basin, Brazil. Hydrobiologia, v. 463, n. 1-3, p. 197- 205, 2001.

MORETTO, Y., SIMÕES, N.R., BENEDITO, E., HIGUTI, J. Effect of trophic status and sediment particle size on diversity and abundance of aquatic Oligochaeta (Annelida) in neotropical reservoirs. Annales de Limnologie - International Journal of Limnology, v.49, n.1, p.65-78, 2013.

NASCIMENTO, H.L.S., ALVES, R.G. The effect of temperature on the reproduction of Limnodrilus hoffmeisteri (Oligochaeta: Tubificidae). Zoologia, v.26, n.1, p.191-193, 2009.

NUNES, P.R.A., DONCATO, K.B., PERAZZO, G.X., TELOKEN, F. Insetos aquáticos bioindicadores: influência da piscicultura sobre um córrego pampeano brasileiro. Ciência e Natura, v.37, n.2, p. 230 – 240, 2015.

ODUM, E. P., BARRET, G.W. Fundamentos de Ecologia. Cengage Learning. 5 ed. 2011. 612p.

PAMPLIN, P.A.Z., ALMEIDA, T.C.M., ROCHA, O. Composition and distribution of benthic macroinvertebrados in Americana Reservoir (SP, Brazil). Acta Limnologica Brasiliensia. v.18, n.2, p. 121-132. 2006.

PAMPLIN, P.A.Z., ROCHA, O., MARCHESE, M. Riqueza de espécies de Oligochaeta (Anellida, Clitellata) em duas represas do Rio Tietê (São Paulo). Biota Neotropica, v. 5, n.1, p. 1-8, 2005.

PEIRÓ, D.F., GORNI, G.R. Diferença na composição da entomofauna aquática associada a duas plantas de hábitos diferentes em um tanque de psicultura. Multiciência, v.10, p. 149-160, 2010.

RAGONHA, F.H., CHIARAMONTE, J.B., JUNIOR, H.M.F., CUNHA, E.R., BENEDITO, E., TAKEDA, A.M. Spatial distribution of aquatic Oligochaeta in Ilha Grande National Park, Brazil., Acta Scientiarum v.35, n1, p. 63-70, 2013.

RAGONHA, F.H., TAKEDA, A. M. Does richness of Oligochaeta (Annelida) follows a linear distribution with habitat structural heterogenety in aquatic sediments?. Journal of limnology, v. 73, n.1, p. 146-156, 2014.

RIGHI, G. Manual de identificação de invertebrados límnicos do Brasil. CNpq/Coordenação Editorial, 1984. 48p.

ROGRIGUES, L. F.T., LEITE, F.S., ALVES, R.G. Inventory and distribution of Oligochaeta (Annelida: Clitellata) in first-order streams in preserved áreas of the state of Minas Gerais, Brazil. Biota Neotropica, v. 13, n.1, p. 245-254, 2013.

ROSA, B.J.F.V., RODRIGUES, L.F.T., OLIVEIRA, G.S.O., ALVES, R.G. Chironomidae and Oligochaeta for water quality evaluation in a urban river in southeastern Brazil. Environmental Monitoring and Assessment, v. 186, n.1, p. 7771-7779, 2014.

SILVEIRA, L.F., BEISIEGEL, B.M., CURCIO, F.F., VALDUJO, P.H., DIXO, M., VERDADE, V.K., MATTOX, G.M., CUNNINGHAM, P.T.M. Para que servem os inventários de fauna? Estudos Avançados, v.24, n.68, p.173-207, 2010.

SILVEIRA, T.C.L., RODRIGUES, G.G., SOUZA, G.P.C., WURDIG, N.L. Effects of disturbance in Schoenoplectus californicus (C.A. Mey.) Soják on the benthic macroinvertebrates. Acta Scientiarum, v. 33, n.1, p. 31-39, 2011.

STENERT; C., MALTCHIK, L. ROCHA, O. Diversidade de invertebrados aquáticos em arrozais no Sul do Brasil. Neotropical Biology and Conservation, v.7, n. 1, p.67-77, 2012.

SURIANI, A.L., FRANÇA, R.S., PAMPLIN, P.A.Z., MARCHESE, M., LUCCA, J.V. ROCHA, O. Species richness and distribution of oligochaetes in six reservoirs on Middle and Low Tietê River (SP, Brazil). Acta Limnologica Brasiliensia, v.19, n. 4, p.415-426, 2007.

TRIVINHO-STRIXINO, S., CORREIA, L.C.S., SONODA, K. Phytophilous Chironomidae (Diptera) and other macroinvertebrates in the ox-bow Infernão Lake (Jataí Ecological Station, Luiz Antônio, SP, Brazil). Revista Brasileira de Biologia, v.60, n.3, p.527-535, 2000.

VERDONSCHOT, P.F.M. Micro-distribution of oligochaetes in a soft-bottomed lowland stream (Elsbeek: Netherlands). Hydrobiologia, v.406, p. 149-163, 1999.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)