Estudo de Fungos Queratinofílicos Geofílicos em Praças Públicas de Jaboticabal-SP

Main Article Content

Adilson César Abreu Bernardi
Juliana Leal Monteiro da Silva
Ana Paula Gomes Souto
Camila Chioda de Almeida

Resumo

Considerando o uso das praças públicas como recurso de lazer pela população, as quais mantêm um contato intenso e direto com o solo, que é uma fonte potencial de contaminação por diferentes agentes causadores de micose, visou-se identificar gêneros de fungos queratinofílicos geofílicos no solo de praças de Jaboticabal - SP. Foram selecionadas e coletadas 60 amostras de solo de 15 praças públicas, sendo 4 amostras de cada praça. Para isolar os fungos do solo, foi utilizado o método de Vanbreuseghem (1952), modificado por Machado (1977). Posteriormente os fungos foram cultivados em placas de Petri contendo Agar Sabouraud acrescido de Cloranfenicol, sendo estas incubadas em temperatura ambiente por aproximadamente dez dias. As colônias crescidas foram isoladas em tubos de ensaio para obtenção de cultura pura. Foram feitas análises macroscópicas e microscópicas das colônias isoladas, identificadas em nível de gênero com o auxílio de um guia de identificação. Das 60 amostras de solo coletadas, 39 apresentaram positividade para fungos queratinofílicos, das quais foram isoladas 90 colônias fúngicas, sendo identificados os gêneros Penicillium spp., Fonsecaea spp., Rhizopus spp., Microsporum spp., Fusarium spp., Phialophora spp., Aspergillus spp., Acremonium spp., Nigrospora spp., Trichoderma spp., Bipolaris spp., Aureobasidium spp., Curvularia spp., Mucor spp., além de Mycelia sterilia. Os resultados permitiram concluir que estes solos representam uma microbiota diversificada com capacidade de degradar substratos de queratina,permitindo uma avaliação do potencial epidemiológico representado pelos solos nas praças do Município de Jaboticabal-SP.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Bernardi, A. C. A., da Silva, J. L. M., Souto, A. P. G., & Almeida, C. C. de. (2009). Estudo de Fungos Queratinofílicos Geofílicos em Praças Públicas de Jaboticabal-SP. Revista Brasileira Multidisciplinar - ReBraM, 12(2), 79-88. https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2009.v12i2.159
Seção
Artigos Originais
Biografia do Autor

Adilson César Abreu Bernardi, Centro Universitário de Araraquara – Uniara. (Unesp).

*Docente, Mestre e doutor em Biociências e Biotecnologia Aplicadas à Farmácia

Juliana Leal Monteiro da Silva, Centro Universitário de Araraquara – Uniara.

Bióloga formada

Ana Paula Gomes Souto, Centro Universitário de Araraquara – Uniara.

Bióloga formada

Camila Chioda de Almeida, Centro Universitário de Araraquara – Uniara.

Bióloga formada

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)