Estratégias de Promoção para o Comércio Exterior Brasileiro: O Caso do Setor Têxtil

Claudia Raphaeta Borges, Aquiles Elie Guimarães Kalatzis, Paula Roberta Velho

Resumo


O comércio exterior brasileiro vem crescendo continuamente. Sua participação no comércio mundial, no entanto, não ultrapassa 1,1 %. Barreiras internas de ordem estrutural, política, econômica e cultural por um lado, associadas à baixa cultura exportadora por outro, explicam parte de tal desempenho. Este trabalho procurou identificar as principais estratégias de promoção aplicadas ao comércio exterior e, em especial ao setor têxtil. Observou-se que o setor têxtil, embora tenha participação expressiva no grupo de manufaturados da pauta exportadora brasileira, atinge mercados restritos, como conseqüência das estratégias adotadas que têm como foco a comercialização e verticalização, em vez da tecnologia.

Palavras-chave


Comércio Exterior, Setor Têxtil, Promoção de Exportação, Estratégias de Internacionalização.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2006.v9i2.269

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Brasileira Multidisciplinar-ReBraM (e-ISSN: 2527-2675)

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340