Aplicação da classificação internacional de funcionalidade, incapacidade e saúde (CIF) em saúde do trabalhador

Andréa Corrêa Carrascosa, Ivana Leão Ribeiro

Resumo


Objetivo: Identificar a utilização da Classificação internacional de funcionalidade, incapacidade e saúde na área de saúde do trabalhador, buscando sua aplicação na avaliação da capacidade funcional de trabalhadores, em exames admissionais, periódicos e demissionais, e também na realização de perícias judiciais trabalhistas. Metodologia: Foi realizada uma revisão da literatura utilizando-se os unitermos “Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde” e “trabalho” nas bases de dados SciELO, Lilacs e Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) os unitermos “International Classification of Functioning, Disability and Health” and “workers” na PubMed. Foram selecionados artigos publicados entre 2005 e 2016.  Resultados: Foram incluídas 16 referências, nos idiomas português e inglês, que abordaram a utilização da CIF na área de saúde do trabalhador, independente do tipo de aplicação. Considerações Finais: A busca pela operacionalização e simplificação da Classificação internacional de funcionalidade, incapacidade e saúde permanece como um foco importante dos estudos que objetivam a sua utilização na avaliação da funcionalidade e das incapacidades dos trabalhadores, sendo a saúde do trabalhador uma das áreas promissoras de aplicação da CIF.


Palavras-chave


Classificação internacional de funcionalidade; incapacidade e saúde; Trabalho; Saúde do trabalhador

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2018.v21i2.523

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Brasileira Multidisciplinar-ReBraM (e-ISSN: 2527-2675)

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340